hoje eu acordei esquizofrênica. tinha uma voz na minha cabeça repetindo o tempo todo a mesma coisa: “quem é você?”. eu não sei. “quem é você?” eu não sei, poxa. me deixa aqui quieta. desde quando eu tenho que saber quem eu sou? você sabe quem eu sou? você sabe? eu só sei de onde vim e o que vivi e o que senti. mas eu não sei quem eu sou. você sabe? e ela insiste em perguntas que eu não sei responder. eu não sei. tem manual pra vida? tem regra? tem gps?

ela me perguntou pra onde eu vou. a voz me perguntou pra onde eu vou. eu não sei, caralho. eu não sei. eu só vou indo e se não gostar do caminho eu volto atrás ou mudo, mas vou indo.

hoje eu acordei esquizofrênica. e com sede. enquanto essa voz dentro da minha cabeça me faz perguntas que eu não sei responder, coleciono garrafas de água vazias na minha mesa do trabalho. eu tenho sede. e ouço vozes enquanto tento colocar uma ordem lógica nas coisas. aconteceu isso por causa daquilo e daquilo outro. eu disse aquilo e por causa do que eu disse aconteceu tal coisa. eu penso e a voz me pergunta por quê eu quero saber dessas coisas. eu não sei, porra. eu só quero.

eu só quero não ter que querer nada.

sabe?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s