*Esse texto é sobre alguém que foi embora antes de chegar. Apesar de não estar aqui, sim, tem nome.  E não ia ser postado, até que alguém muito especial me lembrou que anjos, assim como dragões, tem asas… E por isso precisam ser livres. E tive a honra que ele tenha sido lido tão docemente pela querida Rika no Sarau dos Mesquiteiros. Obrigada á Rika, pelo carinho. E á quem me inspirou a (d)escreve-lo, meu muito amor de sempre.

Que é assim que acontece: quando a gente menos espera esbarra em um anjo. Daí você pode ficar ali um tempão bem quietinho só olhando pra ele, enquanto espera que ele te olhe, e assim olhando, se você ficar bem atento, vai ver essas coisas que os anjos têm e que ninguém nota. Como aquela voltinha que a barba faz perto da orelha, e como ele sempre olha nos olhos de quem fala com ele, o riso que começa  assim pelo canto da boca, quase sempre pelo lado direito.  E como os olhos brilham quando ele olha pra qualquer coisa que seja alta, como quem se lembra de onde veio.

Todas essas coisas eu vi antes que ele viesse falar comigo. E anjo tem umas coisas engraçadas. Tem essa leveza que a gente perde pelo caminho, essa simplicidade em só dizer: “-Não sei.” Como pode um anjo não saber alguma coisa¿ E tem anjo que não sabe o tamanho das asas que tem, já viu isso¿ Mas anjo, anjo assim como esse que eu esbarrei (ou será que foi ele que esbarrou em mim¿) tem essas manias de anjices (existe essa palavra¿ ANJICE…) e é no meio dessas manias de anjices que ele esquece quem é, e a que veio. Ora, um anjo tem que anjar! Não se pode prender um anjo, a gente tem só é que ficar ali bem quietinho olhando, e então vai ver esse jeitinho que ele tem de coçar a pontinha da orelha, e de como ele sempre fica assim prestando atenção do que você diz, porque depois… Ah, depois… Ele sempre vai saber o que fazer pra salvar você, mesmo que pra isso ele não precise fazer nada além de soltar aquele risinho que começa assim devagarzinho no canto da boca, quase sempre pelo lado direito.

E se ele resolver falar, o que é difícil, porque anjo geralmente fala pelos olhos, a qualquer coisa que ele disser responda que sim, a tudo o que ele quiser diga que sim. Porque isso ainda é muito menos do que anjo merece, só assim, sabe… Por ser anjo.

Anúncios

2 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s