Água e Sal

Eu bebi demais. E falei demais. Escrevi demais.
Tudo em mim extrapola, vai além.
Sou pequena demais pra tudo o que sinto
E vai tudo saindo assim, pelos olhos
Água e sal

Muitas vezes é rio
Algumas é goteira

Vai tudo isso saindo assim
Eu bebo demais e falo demais
E falo: EU GOSTO DE VOCÊ
E escrevo o que eu sei que já sabe
Mas não enxerga
E vai tudo assim me escapando pelos olhos
Me extrapolando o que eu deveria guardar
Pra não perder o que não é meu

Eu bebo demais e não caibo mais em mim
Tudo em mim extrapola e me escapa pelos olhos
Assim, numa noite fria qualquer.

Uma segunda-feira blues.

“When I look in your eyes
I can feel the butterflies
Could you find a love in me?
Would you carve me in a tree?
Don’t fill my heart with lies
I will love you when you’re blue
But tell me, darlin’, true
What am I to you?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s