“Seu cretino, pensou. Seu cretino encantador. Não me faça feliz. Por favor, não me sacie nem me deixe pensar que alguma coisa boa pode sair disso. Olhe para meus machucados. Olhe para este arranhão. Está vendo o arranhão dentro de mim? Está vendo ele crescer bem diante dos seus olhos, me corroendo? Não quero ter esperança de mais nada.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s