(L)

Não ter por onde começar quando se tem tanto a dizer faz as coisas perderem o sentido. E eu nem lembro mais pra onde eu queria ir, porque em algum lugar do caminho você mudou a minha paisagem e onde não cabia mais ninguém você achou um lugar pra ficar. E mesmo querendo ir embora você sempre fica, porque você ainda é o que há de melhor em mim. E eu só não queria que acabasse, quando você me perguntou por quê eu chorei, eu só não queria que acabassem os fogos, nem a música e nem nada daquilo. Eu não queria que a noite acabasse, porque bem lá no fundo eu sabia que as chances eram poucas. Ainda é ano novo, mesmo não tendo mais as luzes nem a chuva nem a música nem o seu abraço. Porque eu ainda espero encontrar você num desses lugares que eram tão comuns, tão nossos… E então tudo pode ser como era antes. (?)

“Não me deixe. Não te deixo.”

Anúncios

Um comentário sobre “(L)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s