carta

quem sabe um dia eu escrevo uma carta pra você. ou um bilhete. ou qualquer coisa dessas. e então quem sabe eu consiga te contar do muito amor que eu tive e ainda tenho. por você. pra te contar que o tempo que passou não ajudou em nada, só piora. porque saudade é sentimento ingrato. e é você que eu procuro em todos os lugares aonde  vou. e nunca tem graça.

e eu te diria de tudo tão bonito de você que ficou em mim. e que é isso o que me empurra pra essa vida que eu não quero, porque você  não está nela. e você cabia tão direitinho dentro dela.

quem sabe um dia eu escrevo uma carta pra você. pra te dizer, olha. não me esqueça. não te esqueço.

Anúncios

2 comentários sobre “carta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s